Notícias

  • Abr

    10

    2019

Supermercado Maísa reinaugura oferecendo novidades e horário especial de atendimento

A empresa carrega uma história singular de empreendedorismo familiar

 

No último dia 30 o supermercado Maísa abriu suas portas apresentando aos clientes um novo layout e novidades no oferecimento de produtos. A empresa carrega uma trajetória de sucesso e guarda e valoriza uma história de empreendedorismo familiar. As transformações são resultado de ideias e desejo de mudança que vem sendo amadurecidas durante cinco anos e que agora se concretizaram. O Supermercado Maísa inaugura com uma nova proposta de layout e novidades como confeitaria, açougue, hortifrúti e estacionamento exclusivo para os clientes, além de novos colaboradores.

O casal de empreendedores, Denis Fabiano Afonso e Simone Magnabosco revelam que os passeios de fim de semana, por muitas vezes se tornaram trabalho, devido a busca de trazer para a empresa, o há de mais novo no mercado. “Sempre que a gente sai, visitamos supermercados com a finalidade de descobrir o que há de mais moderno para oferecermos aos nossos clientes. Hoje temos um consumidor que já entende muito bem o mercado, por isso precisamos oferecer a eles coisas boas. Todos nós saímos e buscamos coisas diferentes, então precisamos ter isso para oferecer aqui também. Queremos sempre proporcionar isso na nossa cidade”, revelou Fabiano.

O casal que está junto há mais de 30 anos e tem dois filhos, dividem além da casa, o ambiente e a parceria no trabalho, e ambos contribuem para que a empresa esteja sempre à frente. Fabiano não esconde que Simone teve um papel importante em toda essa mudança. “Quem fez essa mudança acontecer foi a Simone. Nós projetamos aqui, mas não era assim, não iríamos mudar tudo, a Simone que foi idealizando dessa forma. Ela tem muitas ideias e faz as coisas acontecerem”. E ressaltou que a inauguração que sofreu um certo atraso, acabou sendo realizada em uma data não planejada, mas muito especial. “A inauguração era para ter sido em outubro. Muitas coisas já tinham sido compradas, mobiliário, freezers, e outros itens. Mas obra normalmente atrasa. A data em que a reinauguração aconteceu, dia 30/03 não foi escolhida previamente, mas acabou coincidindo com uma data muito importante para o Maísa, que foi a data de abertura da empresa Francisco Afonso da Costa, razão social do Supermercado Maísa, em 01/04/1996. O aniversário da empresa estava sempre sendo comemorado em 20 de novembro, devido a reinauguração da parte da frente do mercado, realizada nos anos 2000. Agora poderemos voltar a comemorar o aniversário na data de fundação.

A empresa carrega o slogan “Mais Você”, ao contrário do que muitos pensam, não é uma cópia da Ana Maria Braga, mas o resultado da palavra Maísa, que é quase “mais”, e o “você” veio mesmo para completar e também para dar o significado de que o Supermercado Maísa é uma empresa que se importa com o cliente. O casal reforçou o slogan quando contou que as mudanças ocorreram diante da percepção da demanda dos clientes. E ressaltou quais novidades eles podem encontrar no novo supermercado. “Inicialmente já havíamos percebido que tínhamos a dificuldade com estacionamento, e que agora também conseguimos sanar. Demos a opção de conforto abrindo também uma nova saída projetada para facilitar o acesso aos nossos estacionamentos. O Maísa tinha uma padaria, mas não tinha uma confeitaria, agora temos. Oferecemos também o hortifrúti que é uma novidade para todos nós, assim como o açougue, que traz a proposta do “Açougue nota 10” que constitui em oferecer ao cliente carnes selecionadas, como as da “Reserva Friboi”, de bovinos selecionados que chegam de 17 a 19 arrobas e que proporcionam uma carne melhor. Oferecemos também cortes especiais, como o T-bone Stake, que acredito não encontrarmos em Sacramento ainda. E temos as carnes nobres resfriadas, embaladas à vácuo. Essas carnes descobrimos que requerem um manuseio especial para que se possa aproveitar todo o sabor que ela oferece. ” E ressaltou algo mais importante ainda. “Hoje o Supermercado Maísa também tem mais colaboradores e mais alegria. Menos dinheiro, (risos), mais contas, mas é tudo investimento! ”

Simone revela que muitos produtos ainda estão em fase de testes nas vendas devido a evitar as perdas dos mesmos. “Oferecemos produtos diferentes, tanto do hortifrúti quanto as carnes já cortadas nas bandejas, onde visamos a praticidade para o cliente na hora de buscar por exemplo, sua compra para o almoço. Mas é necessário descobrir se a procura por eles será suficiente para mantê-los nas prateleiras. Precisamos evitar a perda dos produtos. ”

O empresário também revelou que como empresário, as inseguranças existem, mas que existe uma estratégia para que tudo dê certo. “A insegurança sempre existe quando falamos em mudanças. Para nós por exemplo, hoje o açougue e o hortifrúti são nossos grandes desafios, por se tratarem de duas novidades até mesmo para nós. Mas sempre começamos pelo planejamento, precisamos ter perseverança e consciência de que estamos sempre fazendo melhor do que antes. Temos como meta não o nosso capital, mas a divisão dele com nossos colaboradores e com nossos clientes. Por exemplo, quando recebemos um produto mais barato, nós repassamos esse desconto ao cliente. Isso é uma parceria que fazemos com ele. Outro ponto importante é sempre ser otimista. Meu pai sempre me falava isso, trabalhe corretamente e seja otimista! ”

Fabiano também ressaltou que a crise é oportunidade de crescimento. “É na crise que as coisas acontecem. Nosso primeiro prédio foi construído em época de crise política, depois na reinauguração também atravessávamos uma crise política e financeira, essa mudança também veio sendo realizada em um período considerado tempos difíceis e de mudanças. Mas é justamente nessa época de crise que devemos trabalhar mais. ”

Os clientes ainda podem aguardar mais uma inauguração. A do “Café Mais Você”. Outra proposta diferente que é resultado de uma necessidade dos clientes do supermercado. “Muitas vezes vimos os nossos clientes que vem da zona rural fazer suas compras, tomando café em pé, aqui no supermercado. Aí a Simone teve a ideia de proporcionar esse cantinho para eles e claro, para todos os demais clientes. E como na cabeça dela tudo que é uma ideia pequena, cresce, ela já tem muita novidade”, revelou Fabiano.

Simone contou sobre as novidades que podemos esperar do Café. “O que buscamos é fornecer café coado mesmo, que é o forte do interior, porque aqui o expresso não é tão procurado. Mas além disso teremos vitaminas, suco natural, pão na chapa, pão de queijo na chapa recheado, entre outros produtos. Não venderemos bebida alcoólica, porque o intuito é mesmo que seja um local para um cafézinho. O tempo estimado para inaugurarmos é de três meses. ”

Quem conhece o Maísa desde a época em que era administrado pelos pais de Fabiano, Dona Arlete e Sr. Francisco, pode ver um pouco da história se repetindo com Fabiano e Simone à frente da empresa. A mesma já é considerada uma empresa familiar que vem passando pelas gerações e já pode estar bem perto de chegar à terceira, especialmente quando se fala em planos futuros. “O Fabiano ainda pensa no futuro. Eu ainda quero dar um tempo para novas mudanças, penso em estruturar melhor o que já construímos agora, inclusive treinar melhor os colaboradores, ainda mais agora que temos doze a mais. Mas o Fabiano pensa sim, e eu falo para ele deixar isso para o nosso filho que está fazendo administração e já mostra um interesse em retornar”, revela Simone. Mas Fabiano completa: “Mas claro que tudo isso vai depender dele se encaixar no que já funciona, porque ele vem com as teorias, mas nós já temos a prática, sabemos sentir o ambiente, os clientes, enfim, coisas que ele vai precisar aprender a sentir. Mas já definimos para nossos filhos que eles precisam fazer o que sentirem prazer, não queremos que eles continuem no empreendimento por obrigação. Comigo aconteceu de eu ser empurrado pelo meu pai, mas porque eu não gostava de estudar, então ele me disse que precisava trabalhar. Mas eu fui aprendendo a gostar, e gosto muito. Mas não faremos isso com eles, deixaremos eles decidirem. ”

 

Crédito Fotos: Jornal O Estado do Triângulo / Walmor J.S.